Alimentação natural canina é a ideal?

alimentação natural macarrão

alimentação caninaMuitos donos de cachorro seguindo o embalo da onda fitness também querem dar para seus cachorros uma alimentação mais saudável; afinal, eles são como filhos, então queremos o melhor, não é mesmo? Muitos acabam aderindo a alimentação natural (AN), e substituindo a boa velha ração. Mas será AN é a alimentação canina ideal?

A alimentação ideal é aquela capaz de fornecer ao seu cachorro, todos os nutrientes necessários, baseados nas necessidades específicas dele – de acordo com a raça, com a idade e fase da vida em que seu cão se encontra, de acordo com o nível de atividade física que ele realiza diariamente e com o histórico de saúde dele.

 

Segundo a empresa Pet Logia a Alimentação Natural é a mais indicada e saudável, se bem balanceada, pode previnir doenças e melhorar em muito a vida de nossos amigos:

Atenção: o organismo funciona diferente do nosso

O organismo dos cachorros é diferente do nosso, algumas comidas que podem ser saudáveis para gente, podem ser extremamente tóxicas para eles, então, devemos ter muito cuidado com o que damos a eles.

A soja, por exemplo, deve ser usada com muita cautela pelos donos de cachorros na alimentação natural; existem prós e contras, e apenas um médico veterinário pode determinar se é o indicado para seu cachorro ou não; por exemplo, ele pode ser alérgico a soja, ou se seu cão tem hipotireoidismo, a soja deve ser evitada. Portanto, ao optar pela alimentação natural, o dono deve ter aconselhamento veterinário e nutricional!

A Pet Logia lançou um Curso Online de Alimentação Canina Natural que conta com profissionais veterinários especialistas em Nutrição Canina, que ensina passo-a-passo como fazer para incorporar da maneira correta e saudável a alimentação natural na vida do seu pet. Além disso eles contam também com um aplicativo para o celular que facilitará sua vida na hora de preparar as receitas, conta ainda com uma moderna calculadora de nutrição que te ajudará a ficar dentro de todos as recomendações nutricionais para seu cachorro!

Eles precisam de proteína de origem animal!

Uma outra informação importante: cachorros e gatos não conseguem transformar carboidratos e proteínas de mais baixa qualidade, ou seja: cachorros e gatos precisam ingerir proteína de origem animal! O dono não pode esquecer disso se for aderir a alimentação natural!

Só faça alimentação natural se tiver orientação veterinária nutricionista

Como já deu para perceber, se o dono quer fornecer uma alimentação natural, ele deve ter acompanhamento de um médico veterinário nutricionista. Isso é essencial: apenas um veterinário, analisando seu cachorro, as características dele, e seu modo de vida, pode montar uma dieta ideal para seu cachorro! E muitas vezes, vai ser necessário usar de alguns suplementos vitamínicos e minerais para poder fornecer todos os nutrientes para seu cachorro.

Por que algumas pessoas consideram a alimentação natural melhor do que rações?

 

alimentação natural macarrão

 

Para começar, na minha opinião, a alimentação ideal do seu cachorro não é uma regra! Não existe uma única alimentação que é a melhor: o que o dono deve fazer é fornecer uma alimentação adequada as necessidades nutricionais do seu cachorro, e que seja também adequada com a sua própria disponibilidade de tempo e financeira!

 

Mas então por que muitos condenam as rações comerciais?

Apesar de haver regras quanto aos componentes nutricionais que toda ração canina deve ter, não há um controle efetivo de nenhum órgão público sobre isso; em outras palavras: o fabricante de ração pode acabar colocando ali ingredientes de baixa qualidade e que não são facilmente absorvidos pelo organismo do seu cachorro. Ao optar pela alimentação natural, o dono tem mais controle sobre o que realmente seu cão está se alimentando, já que ele mesmo que monta a comida.

Em geral, a alimentação natural, por ser feita pelo próprio dono, neste aspecto, é mais segura do que rações comerciais; mas, para ela realmente ser melhor para seu cachorro, a alimentação natural deve ser feita com muito conhecimento e auxílio de um veterinário nutricionista! Isso é essencial! Apenas ele é capaz de dizer quais são os alimentos que seu cachorro deve comer, qual a quantidade e proporção ideal, e provavelmente, ele vai passar suplementos vitamínicos para ele também.

Tendo acompanhamento veterinário nutricional, e se o dono puder disponibilizar tempo e dinheiro para fazer a comida, a alimentação natural é uma excelente opção!

Mas se essa não for uma realidade do dono, nenhum dono deve se sentir mal por isso, seu melhor amigo vai ter uma dieta saudável e que proporcione uma excelente qualidade de vida e bem-estar a partir de rações comerciais. Em geral, neste tipo de alimentação (ração comercial) não há necessidade de suplementação mineral nem vitamínica, porque elas já oferecem todos os componentes nutricionais para eles; e se for ração seca, reduz a incidência de tártaro. Neste caso, o foco do dono devem ser as rações premium e super premium, mas eu vou tratar disso no próximo blog!

DICA:

Médicos veterinários nutricionistas podem ser caros; uma dica valiosa é que em todos os planos de saúde para cães da Porto Seguro contam com o serviço de PetNutri!
Ou seja, um médico veterinário especializado em nutrição que pode ajudar o dono a montar a dieta ideal para seu melhor amigo. É o ideal para quem quer optar pela alimentação natural, já que pode contar com um auxílio nutricional veterinário de qualidade, sem custo extras!

A consulta ao médico veterinário nutricionista é essencial para determinar qual será a dieta ideal para seu melhor amigo.

 

Fonte: http://tudosobrecachorros.com.br/importancia-da-racao/#ixzz4v2dVrTw9

Fonte: https://www.petcarerx.com/article/can-dogs-eat-soy/1572

Atopia canina, o que é e como tratar?

atopia canina

Atopia canina ou dermatite atópica, é uma doença que provoca coceira, prurido, em excesso no cachorro. Essa coceira pode gerar pequenas lesões na pele do cachorro de tanto coçar; se não tratadas, as lesões podem acabar servindo de porta de entrada
de fungos e parasitas.

 

atopia-canina
atopia-canina

Apesar de ser comum,a atopia canina atinge cerca de 10-15% dos cachorros no mundo todo, a atopia canina é uma doença ainda desconhecida e é extremamente delicada: encontrar a raiz do problema, o que causa a atopia canina é uma tarefa difícil; afinal, trata-se de alergia
no cachorro! E alergia, assim como nos homens, tem fatores ambientais relacionados que são de difícil identificação e controle. Mas, vamos por partes!

Como detectar se seu cachorro tem atopia canina?

Os primeiros sinais clínicos já podem ser observados entre os 6 meses e 3 anos devida do cachorro; a atopia canina é uma predisposição genética a desenvolver alergia na pele, portanto, uma boa opção é o dono tentar descobrir se os pais biológicos do seu cachorro tem essa doença.

Sintomas

O cachorro começa com uma coceira insistente, que pode levar a lesões e rachaduras na pele e queda de pelo. O dono pode pensar que se trata de pulga ou carrapato, o que é natural! Então, antes de achar que o seu cão tem atopia canina, devemos eliminar a possibilidade de ser algo mais simples mesmo: pulgas e carrapatos.

Mas se ao eliminar essa possibilidade, o cachorro continuar com a coceira insistente, é aí que o sinal vermelho do dono deve acender quanto a possibilidade de seu melhor amigo ser atópico. Neste caso, o recomendado é que se leve ao veterinário, e vocês irão começar uma longa jornada, com testes clínicos.

Por que uma longa jornada?

Como se trata de uma alergia, descobrir o que causa a alergia em cães é por eliminação: pode ser alergia a ração, a produtos de limpeza, a mofo, a  poeira, a produtos do banho, a pólen, a perfumes, a mil coisas.

E muitas vezes, o que se observa é que é uma combinação desses fatores, ou seja, a causa pode ser mais de um fator: por exemplo, é comum ele ter  alergia a poeira e a produtos de limpeza e a ração. Só testando um-a- um que o dono vai descobrir. O processo como todo demora, e o dono fica muito ansioso e preocupado porque ele sabe que o seu melhor amigo está sofrendo, mas não sabe bem o porquê! É bem desgastante mesmo!

Raças que tem propensão a ter atopia canina

Algumas raças apresentam uma maior tendência a ter essa doença: Boston Terrier, Boxer, West Highland White Terrier, Scottish Terrier, Fox terrier,  Yorkshire, Shar-Pei, Cocker Spaniel, Bulldog inglês, labrador, Golden retrievers, pug e pastor alemão.

Tratamento

O tratamento da atopia canina é “de trás para frente”: primeiro o veterinário vai tratar das feridas e lesões causadas pelas coceira insistente –  medicamentos para matar possíveis parasitas e fungos. E depois vai ter que esperar cicatrizar as feridas.

DICA PRÁTICA:

Uma boa dica é comprar aqueles colares elizabetanos (famoso abajur); porque o cachorro não obedece, e vai coçar a ferida se ele conseguir acesso a  ela, e para cicatrizar você deve evitar que ele coce.

E mesmo que se identifique os fatores causadores, isso não significa que seu melhor amigo não vá ter outra crise! Na verdade, cachorros atópicos tem várias crises ao longo da vida, as vezes eles mal saem de uma e começam outra! E as vezes eles acabam desenvolvendo alergia a fatores externos novos. Enfim, é uma doença muito chatinha e demanda cuidado constante do dono. É importante ter em mente isso!

DICA PARA DONOS DE CACHORROS COM ATOPIA CANINA:

Como um cachorro com atopia canina precisa de cuidados e uma certa vigilância de forma contínua, muitos donos aconselham o seguro de saúde pet da Porto Seguro.

Pode parecer estranho, mas vou explicar o porquê: todos os planos tem dois serviços que são extremamente usados pelos donos de cachorro com atopia canina: o PetNutri e o PetPhone. No PetNutri, um veterinário nutricionista vai auxiliar o dono na montagem da dieta ideal para seu cachorro – o serviço é excelente, ainda mais se o dono perceber que um dos fatores alérgicos é a ração. Sem o plano, o dono fica tendo que ir a um veterinário especializado em nutrição de formar contínua, o custo é alto!

O segundo serviço: PetPhone é um serviço de telefone 24horas com veterinários, é ótimo, porque o dono que já sabe do histórico do seu cão e começa a perceber que ele vai entrar em crise ou está no início de uma não precisa ir ao veterinário, já vai direto usar o PetPhone, e já relata o que está acontecendo, e a orientação é rápida, e pode evitar que a crise piore, e o cachorro tenha que usar medicamentos mais fortes – com corticoides. No mais, a doença fica sob controle a maior parte do tempo, e controlando pelos fatores causadores, o seu melhor amigo terá uma vida normal e feliz!

Fonte: http://www.nevetdermatology.com/canine-atopic- dermatitis-treatment/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4537558/

Seu cão pode estar pedindo ajuda

“Seu cão com certeza faz muitas coisas que te divertem e desperta ternura. E, embora a maioria destas coisas que eles fazem não cause dano algum, existem outras que podem ter um significado importante. Aqui citamos algumas situações que devemos tomar um cuidado especial:

1. Arrastar a parte traseira do corpo no chão.

Ark Vets

As pessoas riem quando um cão arrasta a parte traseira no chão, mas se isto se repete com frequência, não é normal. Especialmente se o cão lambe a parte traseira. Isto significa que ele tem coceira e dor. Uma das possíveis causas é infecção ou inflamação das glândulas anais. As glândulas anais são pequenas glândulas que se localizam ao lado do ânus dos mamíferos e seu trabalho é produzir um odor que consideramos ruim, mas que serve como identificação para os outros cães. É por isto que os cachorros cheiram os traseiros uns dos outros quando se conhecem. Portanto, se seu cão arrasta o traseiro frequentemente, é possível que precise levá-lo ao veterinário.

+ Como detectar alergia em cachorro? – Alergias de alimentos

2. Esfregar a cara no chão.

Flickr

Semelhante ao problema anterior, se seu cão esfrega a cara constantemente contra qualquer coisa, pode significar irritação ou coceira. Embora às vezes seja um sinal de afeto, isto pode significar também uma inflamação em seus olhos ou ouvidos. Também pode ter algo preso na boca ou nos dentes. Se o seu cão se comporta desta forma ao ponto de arrancar os pelos e causar feridas, leve-o ao veterinário. Os cachorros não fazem estas coisas por nada.

+ O primeiro cachorro a gente nunca esquece

3. Coçar as orelhas com as patas traseiras

enki village

Costumamos rir quando isto acontece. Muitos cães usam suas patas traseiras para coçar o corpo. Mas isto, às vezes, pode significar que possuam algum parasita. Os cães não costumam ficar o tempo todo de coçando. Então, se o seu cachorro se coça seguidamente e com muita força, pode haver algum problema. Olhe na parte acima da cauda para ver se ele não está com pulgas. Se você encontrar pontos escuros na pele e elas ficarem vermelhas ao serem limpas com álcool, então é sinal de pulgas. Se o seu cão não recebeu tratamento contra pulgas ou outros parasitas, isto pode ser a origem de seu problema.

+ Cachorro na praia pode?

4. Agachar-se

Warren Photographic

Pode ser um sinal de brincadeira e os cachorros fazem isto com muita frequência. Mas quando um cão faz isto fora da hora de brincar pode ser sinal de dor abdominal. Umas das causas mais graves da dor abdominal nos cães é a pancreatite. Alguns cachorros podem ter pancreatite quando comem alimentos muito gordurosos e pode ser perigoso para a sua vida. Normalmente cães pequenos têm esta doença que causa a falta de apetite e vômito. Enquanto seu cão faz o seu melhor para se recuperar, você deve levá-lo ao veterinário.

+ Dicas para banho em cachorro

5. Perseguir sua própria cauda.

Flickr

É engraçado ver um cachorro perseguir sua própria cauda. Mas este comportamento pode significar um sinal de problemas como dor na coluna ou problemas na pele. Algumas pessoas também dizem que quando um cão persegue sua cauda é porque ele sofre se desordem obsessiva/ compulsiva, semelhante aos humanos. Portanto, mesmo que seja engraçado vê-lo, se seu cão faz muito isto, busque ajuda. Seria uma pena que tenha uma dor ou doença e que seja ignorado só porque é divertido.

+ Cachorro com olho vermelho – 5 condições comuns!

Fonte: https://perfeito.guru/lb-5-coisas-meigas-que-seu-cao-faz-que-podem/?utm_source=perfeito&utm_medium=post